sábado, 18 de outubro de 2014

Promotoria aciona Estado de Minas Gerais por suposta fraude na gestão de Aécio Neves

Crédito e Fonte: Folha UOL - 


O Ministério Público de Minas Gerais ajuizou nesta sexta-feira (17) contra o Governo do Estado por suposta fraude orçamentária nos gasto com a saúde durante a gestão do presidenciável Aécio Neves (2003-2010).

Assinada por três promotores, a peça pede o ressarcimento aos cofres públicos de cerca de RS$ 1,3 bilhão de reais que, segundo a promotoria, foi maquiado pelo governo Aécio Neves e a estatal de saneamento COPASA para que o Estado atingisse o mínimo constitucional (12% da receita) dos gastos em saúde. LEIA MAIS...
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário