quinta-feira, 2 de outubro de 2014

PGR instaura procedimento e pede que Fidelix explique fala sobre gays

                           Fonte: msn e G1  O candidato Levy Fidelix (PRTB) no debate deste domingo (28) (Foto: Evelson de Freitas/Estadão Conteúdo)

O procurador-geral Eleitoral, Rodrigo Janot, abriu nesta quarta-feira (1º) investigação preliminar para apurar o conteúdo das declarações do candidato à Presidência da República Levy Fidelix (PRTB). Fidelix foi acusado de homofobia por defensores dos direitos LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros), que acusam o candidato de ter incitado o ódio contra eles durante o debate entre os presidenciáveis, no último domingo (28), na TV Record. 
O candidato do PRTB disse que o crescimento dos casamentos entre pessoas do mesmo sexo pode reduzir o tamanho da população brasileira e sugeriu que homossexuais precisam de "ajuda psicológica".
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário