sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Prefeitura quer 3,5 mil casas populares por Templo de Salomão


Fonte: MSN
Um mês e meio após a festa de inauguração, a Prefeitura quer exigir da Igreja Universal a construção de 3,5 mil moradias populares para regularizar o Templo de Salomão, erguido no Brás, centro da cidade. O maior espaço religioso do País, com 100 mil m² de área construída, teve as portas abertas com o respaldo de um alvará provisório emitido pela gestão de Fernando Haddad (PT) em 19 de julho - 13 dias antes da abertura.

A nova contrapartida foi sugerida pela Secretaria de Licenciamento em documento já enviado ao Ministério Público Estadual, que investiga a construção do templo desde fevereiro. No inquérito instaurado pelo promotor de Justiça Maurício Antonio Ribeiro Lopes, são apuradas algumas supostas irregularidades, como o fato de a igreja ter sido construída com base em um alvará de reforma. Leia mais.
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário