quarta-feira, 9 de julho de 2014

Faltou se espirar na Costa Rica!


Amenos de 30 minutos, 29 para ser exato, o time alemão já goleava a Seleção brasileira por 5 x 0. Um placar elástico para um jogo inteiro imagine para 29 minutos. O Brasil foi um time a pático durante todo o jogo, não teve poder de reação, foi um time desorganizado e desorientado. Perder dessa forma, para uma seleção que ao contrário do que dizem foi bem apenas contra Portugal ganhando por 4 x 0, e até antes do jogo contra a Seleção brasileira sempre tinha levado sufoco: empatou com Gana em 2 x 2, ganhou de 1 x 0 dos Estados Unidos, da Argélia por 2 x 1, e da França por 1 x 0, reforço - Sempre no Sufoco! Foi algo quase inexplicável, mas devemos olhar para trás e ver: a seleção brasileira é um time jovem, renovado que tem todo um futuro pela frente. Dunga, técnico na última copa errou em não levar a dupla santista Neymar e Ganso, alegando serem jovens e inexperiente. O Felipão errou por que não aprendeu com os erros dos últimos jogos por isso pagamos o preço! A seleção sempre foi um time que exibia pontos fracos, desorganizado, inexperiente e emocionalmente, como também no jogo sentiu a falta do Neymar. A seleção da Costa Rica, ao contrário do Brasil, surpresa da copa, Jogou de igual pra igual com as seleções infinitamente superior, e saiu sem perder uma só partida.   Até de 2018. Se passarmos pelas eliminatórias.  
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário