sexta-feira, 25 de julho de 2014

Alemanha alega riscos e quer tomar Copa de Mundo de 2018 da Rússia


fonte: g1  -
  A tensão política entre Rússia e Ucrânia e os conflitos no Leste europeu fizeram o presidente da Federação Alemã de Futebol (DFB, na sigla em alemão), Wolfgang Niersbach, defender a mudança da sede da Copa de 2018 para a Alemanha.

“Observamos com muita preocupação o desenvolvimento político na Rússia, algo que não era previsível quando se tomou a decisão de entregar ao país a tarefa de organizar a Copa de 2018. Não podemos conceder a Copa do Mundo a um país que está em guerra com outro”, disse" Leia na íntegra.
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário