terça-feira, 10 de junho de 2014

Contas de sindicatos são bloqueadas para garantir multa da greve do Metrô

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de São Paulo conseguiu bloquear na segunda-feira (9) as contas bancárias dos dois sindicatos envolvidos na greve do Metrô, que durou cinco dias e deixou milhões de pessoas sem transporte na cidade. A greve foi considerada abusiva.

O Sindicato dos Metroviários teve R$ 3 milhões bloqueados, enquanto o Sindicato dos Engenheiros não poderá movimentar R$ 400 mil. Os valores, segundo o TRT, garantirão o pagamento da multa de R$ 100 mil por dia de greve, nos quatro primeiros dias, e mais R$ 500 mil do quinto dia. A multa aumentou após aviso do desembargador Rafael Pugliese de que, caso a greve continuasse após ser considerada ilegal, aumentaria para R$ 500 mil. fonte: g1
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário