sábado, 16 de junho de 2012

Legista diz 'não ter dúvida' de que executivo da Yoki foi decapitado vivo

O legista Jorge Pereira de Oliveira confirmou neste sábado (16) que o diretor-executivo da Yoki, Marcos Matsunaga, foi decapitado ainda vivo. A mulher do empresário, Elize Matsunaga, confessou ter matado e esquartejado o marido, no dia 19 de maio.

←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário