quarta-feira, 6 de junho de 2012

Aliança entre Carlos e Wilma pode rachar


Embora a ex-governadora Wilma de Faria (PSB) tenha decidido não disputar a prefeitura de Natal para apoiar a pré-candidatura do ex-prefeito Carlos Eduardo (PDT), divergência de última hora poderá causar uma turbulência na aliança entre o PSB e o grupo de partidos fechados em torno do projeto do pedetista, formado por PDT, PCdoB, PSD, PPS e PPL. Os partidos não se entenderam ainda quanto à aliança proporcional. O conflito de interesses na disputa por vagas na Câmara Municipal de Natal (CMN) poderá causar um racha na coligação.

De acordo com o ex-prefeito, o fechamento da aliança majoritária também na proporcional ocorreu no momento que antecedeu a votação da sua prestação de contas referente ao exercício financeiro do ano de 2008 na Câmara. Na ocasião, dois dos cinco vereadores pessebistas votaram pela desaprovação, apesar de o partido ter orientado sua bancada a votar a favor da aprovação.

←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário