quarta-feira, 9 de maio de 2012

Supremo adia analise do pedido de liberdade ao ex-goleiro Bruno



A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal decidiu não analisar recurso protocolado pela defesa do ex-goleiro do Flamengo Bruno Fernandes das Dores de Souza em busca de liberdade para o jogador. A decisão foi tomada pelo grupo, composto por cinco ministros, na tarde desta terça-feira (8).

A defesa tentava reverter decisão do ministro Carlos Ayres Brito, publicada em fevereiro deste ano. Na época, Britto rejeitou um pedido liminar de habeas corpus feito pelos advogados do ex-jogador.

Nesta terça-feira, os ministros entenderam que a defesa não poderia ter recorrido da decisão provisória porque a liberdade do ex-jogador ainda será analisada pela turma quando for julgado o mérito do processo. Ainda não há data prevista para que o relator do caso, ministro Cezar Peluso, libere o processo para esse julgamento definitivo.
Foto: Globo News

Fonte: g1.globo.com
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário